And you can't smoke in any of this coffee places...I'm pretty sure coffee was invented by people who were smoking anyways. And they just wanted to invent something so they can stay up late and SMOKE FUCKIN' MORE! That's my theory. Just ask me or Columbo, he'll back me up on this one.» Denis Leary

Thursday, April 30, 2009

num café cheio de fumo

Eu vi o Outono desprender suas folhas,
cair no regaço de mulheres muito loucas.
Cem duzentas pessoas num café cheio de fumo
na cidade de Heidelberg pronta para a neve
saboreavam tepidamente a sua ignorância.
(...)

Fernando Assis Pacheco


Photobucket

Friday, April 17, 2009

Bruce Wrighton

Photobucket

Photobucket

Photobucket

O princípio da manhã

O princípio da manhã é um inesperado gume de frio que
rasga a pele até à dor. Aguardo que abra o Café, de mãos
enterradas nos bolsos, os pés sapateando uma dança que só os
arrepios conhecem partitura.
Dentro já nasceu a luz. Contrasta, de tão quente. As
cadeiras estão voltadas cumprida que foi outra noite sobre o
tampo das mesas. Estou sozinho junto à entrada. A máquina
de café foi ligada, posso-o ver pelo botão de cor alaranjada que
pisca, intermitente. Hoje vou ser o primeiro. O vidro pinta o
nariz sempre que o encosto ao frio, mas a névoa embaciada que
se interpõe com o bafo obriga-me a recuar para poder espreitar
o salão.
Quem passasse agora aqui, diria que voltei a fumar.



João Luís Barreto Guimarães

Blog Archive